Acompanhe nossas redes sociais

Como selecionar as pessoas corretas e engajá-las? Veja como a Pizza Me faz!

Um dos principais pilares de uma franquia de alimentação de sucesso é, sem dúvida, a equipe de colaboradores. Embora ter uma boa equipe seja um desafio, é bem possível construir um “dream team” e isso faz toda a diferença no negócio.

 

Quer saber o que a Pizza Me faz para ser bem-sucedida nessa tarefa? Confira neste artigo como selecionar e engajar as pessoas certas no seu negócio!

 

Sistema Pizza Me: da prospecção à premiação dos colaboradores

 

Resultados são frutos de processos bem desenhados e que estão incorporados na cultura da marca. Com uma metodologia completa e estrategicamente estabelecida, da prospecção até o feedback e a premiação provenientes de metas estipuladas mensalmente, a Pizza Me consegue diminuir o turnover de colaboradores e ter pessoas muito comprometidas com a empresa.

 

Ao todo, este processo contém 8 etapas.

São elas:

  1. Prospecção, entrevista e seleção;
  2. Integração;
  3. Treinamento;
  4. Acompanhamento;
  5. Mensuração;
  6. Feedback;
  7. Bônus;
  8. Reconhecimento e tempo de casa.

 

Prospecção de pessoas, entrevista e seleção

 

A franquia utiliza sites na internet para abrir suas vagas. Nesta ocasião, são informados pontos básicos da vaga e a remuneração. Neste momento já é evidenciado que a empresas oferece plano de carreira e bônus por resultados e por tempo de casa.

 

Os currículos são selecionados obedecendo às orientações de perfis que são constantes no Manual Pré-operacional da marca, o qual o franqueado já tem em suas mãos.

 

As pessoas selecionadas são convidadas à entrevista de um modo diferenciado, devolvido pela franquia. A intenção aqui é já chamar atenção do candidato desde o primeiro contato. Outro ponto de destaque do método é o uso de técnicas para que a presença dos candidatos à entrevista seja a maior possível.

 

Na entrevista, o franqueado tem em mãos um roteiro para conduzir o bate-papo e extrair daquela ocasião as informações necessárias para que a seleção seja a mais assertiva possível.

 

Um ponto é crucial para que uma pessoa seja convidada a se tornar um colaborador Pizza Me: ATITUDE. Mesmo que experiência e conhecimento sejam aspectos importantes, podem ser passados para o profissional e aprimorado ao longo do tempo.

 

Outra característica muito relevante para a Pizza Me diz respeito à EMPATIA do interessado na vaga pelo propósito da marca.

 

Integração

 

Da mesma forma que a Pizza Me procura se destacar quando recebe o cliente na loja, busca se diferenciar quando recebe o colaborador novo.

 

Há uma cultura de encantamento (de excelência) e é tarefa do franqueado ou do líder de loja promover da melhor forma o processo de integração do novo colaborador, que segue o seguinte roteiro:

 

  • O líder (ou o franqueado) recebe o colaborador e será ele, pessoalmente, o responsável pela atividade de integração. A missão neste momento é fazer a pessoa se sentir verdadeiramente acolhida (pertencente) e segura no primeiro dia de trabalho;
  • Aplicar o código de ética e deixar claro todos os pontos, principalmente aquilo que não é negociável;
  • Levar à pessoa informações do negócio da Pizza Me, do propósito e da cultura da marca;
  • Dar ciência do que é esperado do colaborador e lembrá-lo que ATITUDE é a característica mais valorizada na rede. Deve-se fazer entender perfeitamente qual o tipo de comportamento que se espera, quando se fala em atitude;
  • Mostrar o ambiente como um todo e dar instruções;
  • Estar mais perto dele do que dos demais, ao menos durante os 7 dias iniciais.

Treinamento

 

Todo o conhecimento da Pizza Me está organizado em processo que compõe o Manual Operacional da franquia.

 

É através destes processos que o líder ou os colaboradores mais experientes vão transferir as rotinas ao novo colaborador, sempre sob orientação da liderança.

 

Tudo é feito de forma sistemática, com boa didática. O processo de capacitação é bastante organizado.

 

Desta forma, há garantia de padrão de qualidade nos produtos, boa produtividade e CMV (Custo da Mercadoria Vendida) equilibrado.

 

Acompanhamento

 

Treinar pessoas definitivamente não basta! Equipes, por melhores treinadas que estejam, precisam de liderança.

 

Após treinar a equipe, é preciso acompanhar as atividades de forma contínua. Na Pizza Me, o líder é responsável por este trabalho e é ele quem organiza o time, fazendo com que cada um ofereça o melhor em prol do sistema (da equipe) como um todo.

 

No final das contas, não adianta ter um ou outro colaborador excepcional. Mais importante do que isso é ter uma equipe bem entrosada, entregando em conjunto os resultados esperados para garantir o sucesso da franquia.

 

Mensuração

 

Processos bem definidos, pessoas bem treinadas e atividades sendo acompanhadas de perto. Chegou o momento de levantar e avaliar as performances.

 

Esta atividade é de responsabilidade do líder da loja e deve ser realizada, dependendo da métrica, diariamente, semanalmente e mensalmente. Somente com o desempenho em mãos será possível criticar processos e pessoas, no intuito de melhorar resultados.

 

Feedback

 

Chegou o momento de uma ação que é negligenciada por muitas empresas, mas faz extrema diferença para a evolução das pessoas: o Feedback.

 

Quando falamos em gestão das equipes o feedback funciona para diferentes propósitos. O maior intuito na Pizza Me é reforçar o senso de responsabilidade dos colaboradores no desenvolvimento do trabalho que realizam na empresa.

 

Se a pessoa é informada, de maneira sistematizada, sobre o andamento das suas atividades, tem mais condições de aprimorar a execução de suas tarefas. Não só isso, ela consegue compreender melhor qual é o seu papel e sua importância na estrutura. Isso faz toda a diferença, pois assim o colaborador executa algo que sabe o porquê e para que tem que fazer.

 

Bônus

 

O processo desde o início pode ter corrido excelentemente bem até o feedback, mas se aqueles que alcançaram bons resultados não receberem algum prêmio diferenciado, tudo pode se perder em pouco tempo.

 

Se o empresário trabalha afinco para ter melhores resultados, não parece justo que o colaborador que entregue trabalho diferenciado seja também remunerado de forma distinta?!

 

A Pizza Me acredita que sim, por isso estipula metas (produtividade, CMV e ticket médio) e presenteia colaboradores com bônus à medida que os resultados são alcançados. Isso incentiva as pessoas a buscarem todos os dias as metas estipuladas entregando à empresa dedicação acima da média.

 

Reconhecimento e Tempo de Casa: valorização do time Pizza Me

 

À medida que o colaborador se capacita, se torna mais seguro e desenvolve traços de liderança, pode receber premiações. Um novo status frente ao time lhe proporcionará mais autonomia e novas responsabilidades, mas também remuneração mais alta.

 

O tempo de casa também é um parâmetro que presenteia o colaborador. A Pizza Me entende que se o colaborador está na empresa é porque realiza um bom trabalho. À medida que ele fica na empresa, mais experiência e mais conexão com o negócio ele tem. Entendemos que isso deve ser valorizado e, por isso, há um plano de bônus a partir do sexto mês.

 

Por fim, vale lembrar que a valorização, o reconhecimento e a motivação da equipe são essenciais para que o negócio dê certo e se destaque no mercado. Investir nas pessoas faz toda a diferença para que sua franquia Pizza Me seja um sucesso!

 

Agora você está mais confiante para se tornar um franqueado e montar um time talentoso e engajado para crescer com você? Fale com a Pizza Me e abra seu próprio negócio!