Acompanhe nossas redes sociais

Alimentos funcionais: o que são e para que servem

Franquia de alimentos saudáveis

Nos últimos anos, muito se tem falado sobre os chamados alimentos funcionais. Certamente, em algum momento, esse tema já deve ter chegado aos seus ouvidos. Mas, você sabe realmente o que significa essa classificação? O artigo de hoje do nosso Blog vai tratar desse assunto! Fique com a gente e descubra mais sobre o tema.

Alimentos funcionais, o que são? Tratam-se de alimentos ou ingredientes que, além das funções nutricionais básicas, também produzem efeitos metabólicos ou fisiológicos benéficos ao organismo. Além de serem considerados promotores de saúde, podem estar associados com a diminuição dos riscos de algumas doenças crônicas, como câncer e diabetes.

Atualmente, os principais alimentos classificados como funcionais são: soja e derivados, cereais integrais (aveia, centeio, cevada, farelo de trigo), tomate, uva, couve-flor e brócolis, linhaça, hortaliças com talo, leite fermentado, entre outros.

A essa altura do texto, você pode estar se perguntando: quem criou essa classificação ou esse conceito? Bem, a utilização de certos alimentos para reduzir o risco de adquirir ou desenvolver doenças é conhecida há muito tempo. Hipócrates já dizia, há cerca de 2500 anos: ”Deixe o alimento ser teu remédio”.Contudo, é sempre bom frisar que os alimentos funcionais não são medicamentos. Seus benefícios podem ser sim alcançados, mas para isso é preciso consumi-los de maneira regular.

E será que alimento funcional emagrece? Muitos podem confundir alimento funcional com alimento de dieta, reduzido em calorias, e isso pode não ser verdade. Além de observar a propriedade funcional do alimento, é importante considerar sua composição como um todo, pois podem fazer parte dele outros ingredientes em quantidades que o tornam não tão saudável assim, como por exemplo, níveis elevados de sódio, de açúcar e ou de gorduras saturadas.

Por esse motivo, deve-se sempre gastar um tempinho e observar também a lista de ingredientes e as informações nutricionais presentes nos rótulos. Fazendo isso, não tem desculpa para sair da dieta.

As propriedades benéficas dos alimentos funcionais

Agora que você já sabe o que são os alimentos funcionais, que tal descobrir para que eles servem?
Abaixo, fizemos uma lista com as propriedades benéficas de diversos alimentos. Confira!

Isoflavonas
Funcionalidade: Ação estrogênica (reduz sintomas da menopausa) e anticâncer
Onde eu encontro? Soja e derivados.

Proteínas de soja
Funcionalidade: Redução dos níveis de colesterol
Onde eu encontro? Soja e derivados.

Ácidos graxos ômega-3
Funcionalidade: Redução do LDL – colesterol; ação antiinflamatória; indispensável para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém-nascidos
Onde eu encontro? Peixes marinhos como sardinha, salmão, atum, anchova, arenque, etc.

Ácido A – linolênico
Funcionalidade: Estimula o sistema imunológico e tem ação anti-inflamatória;
Onde eu encontro? Óleos de linhaça, colza, soja; nozes e amêndoas.

Catequinas
Funcionalidade: Reduzem a incidência de certos tipos de câncer, reduzem o colesterol e estimulam o sistema imunológico;
Onde eu encontro? Chá verde, cerejas, amoras, framboesas, mirtilo, uva roxa, vinho tinto.

Licopeno
Funcionalidade: Antioxidante, reduzem níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata;
Onde eu encontro? Tomate e derivados, goiaba vermelha, pimentão vermelho, melancia.

Luteína e Zeaxantina
Funcionalidade: São Antioxidantes; protegem contra degeneração macular;
Onde eu encontro? Folhas verdes (luteína). Pequi e milho (zeaxantina).

Indóis e Isotiocianatos
Funcionalidade: Indutores de enzimas protetoras contra o câncer, principalmente de mama;
Onde eu encontro? Couve-flor, repolho, brócolis, couve de bruxelas, rabanete, mostarda.

Flavonóides
Funcionalidade: Atividade anticâncer, vasodilatadora, anti-inflamatória e antioxidante;
Onde eu encontro? Soja, frutas cítricas, tomate, pimentão, alcachofra, cereja, cacau.

Fibras solúveis e insolúveis
Funcionalidade: Reduz o risco de câncer de cólon; melhora o funcionamento intestinal. As solúveis podem ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade;
Onde eu encontro? Cereais integrais como aveia, centeio, cevada, farelo de trigo, etc; leguminosas como soja, feijão, ervilha, etc.; hortaliças com talos e frutas com casca.

Prebióticos – frutooligossacarídeos, inulina
Funcionalidade: Ativam a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino;
Onde eu encontro? Extraídos de vegetais como raiz de chicória e batata yacon.

Sulfetos alílicos (alilsulfetos)
Funcionalidade: Reduzem colesterol, pressão sanguínea, melhoram o sistema imunológico e reduzem o risco de câncer gástrico;
Onde eu encontro? Alho e cebola.

Lignanas
Funcionalidade: Inibição de tumores hormônio-dependentes;
Onde eu encontro? Linhaça, noz moscada.

Tanino
Funcionalidade: Antioxidante, antisséptico, vasoconstritor;
Onde eu encontro? Maçã, sorgo, manjericão, manjerona, sálvia, uva, caju, soja.

Estanóis e esteróis vegetais
Funcionalidade: Reduzem risco de doenças cardiovasculares;
Onde eu encontro? Extraídos de óleos vegetais como soja.

E você, tem consumido quais alimentos funcionais ultimamente?
Conte pra gente nos comentários!

E fique sempre ligado em nosso Blog. Trataremos aqui temas superinteressantes, e especialmente para você que gosta de se alimentar bem, esse canal será um “prato cheio”.

Até a próxima!